clique aqui para ir direto ao contedo


Blog

7mar

Varejistas + Dados + Análise = + Sucesso

Nos últimos anos, a maioria dos varejistas de lojas físicas não conseguiu ou nem tentou adotar as análises avançadas e métricas de dados que têm impulsionado o crescente sucesso de varejistas on-line.

Usando os dados dos clientes e de suas atividades on-line os varejistas on line têm sido capazes de enviar com inteligência e-mails sob medida, pop-ups e produtos recomendados para cada cliente, aumentando assim suas vendas e oferecendo aos consumidores uma experiência personalizada.

Da mesma forma, os varejistas tradicionais devem começar a aproveitar os dados de consumo e de compra para aumentar as taxas de retenção, planejando campanhas de marketing inteligentes e alinhadas com seus objetivos que têm como alvo cada cliente individualmente para produzir retornos mais elevados.
Para isso é básico se reconhecer a fusão dos mundos off-line e on-line na mente e comportamento dos consumidores.

A maioria dos consumidores usa uma combinação de ações tanto no mundo quanto off line e eles querem uma experiência de cliente diferenciada em todos esses canais.

Evidência da fusão do dos mundos off-line e on-line pode ser comprovada pela, hoje, corriqueira ação de showrooming, quando os consumidores utilizam seus dispositivos móveis para comparar ou fazer compras em lojas, assim do webrooming, onde os consumidores pesquisam produtos on-line antes de ir para a loja física para fazer a compra.

Para atender a este novo paradigma, os varejistas tradicionais precisam, urgentemente, abandonar seus modelos de marketing velhos e buscar formas para melhor envolver os clientes, fornecendo uma experiência personalizada ao cliente e essa experiência deve ser orientada por dados.

Para usar dados para criar uma experiência de compra diferenciada é necessário que se capte estes dados e obviamente que estes dados sejam usados. Precisamos criar lojas off-on line.

Os consumidores querem visitar lojas, assim como sites, que sabem quem eles são, o que eles gostam e o que eles podem querer ou precisar. Então, as lojas devem aproveitar os dados da loja para ajudá-los a conhecer melhor os seus clientes e interagir com eles de forma mais produtiva off e online. Eles também devem acompanhar regularmente os progressos e analisar os resultados para aprimorar suas campanhas de marketing off-line e online.

Especificamente, os varejistas tradicionais podem trabalhar para satisfazer e manter seus clientes através da adoção de campanhas de e-mail ou sms, por exemplo, segmentados e personalizados. Ao abraçar o poder de dados os esforços de marketing trazem mais resultados. Os varejistas assim podem, além de trazer mais clientes de volta para a loja, também criar uma experiência de compra mais envolvente e personalizada.

Alguns dos dados que devem ser usados pelos varejistas para aplicar em suas campanhas de marketing e terem mais sucesso são:

Dados Históricos: Ao compreender o comportamento e gastos padrões dos clientes, os varejistas podem priorizar melhor as estratégias de marketing. Ao segmentar os clientes é possível personalizar e automatizar campanhas de e-mail e sms. Analisar o histórico de compras permite que os varejistas entendam no detalhe os perfis de compradores e estas informações podem ser usadas para oferecer produtos relacionados com o gosto do cliente, trazer de volta clientes antigos ou inativos e oferecer incentivos de fidelidade para não perder clientes.


É preciso enfrentar os desafios que estas mudanças de comportamento dos consumidores gera, pois ai existem muitas oportunidades.

Os varejistas de lojas físicas só irão prosperar nessa nova economia, moderna e competitiva, se eles compreenderem e interagirem com seus clientes de uma forma mais inteligente, estratégica e mensurável. Usando os dados gerados pela relação com os clientes os varejistas podem se orientar e tornar as experiências de compra mais personalizadas e agradáveis.

Os varejistas de comércio eletrônico descobriram como dar compradores a experiência que eles querem. Ao utilizar os dados dos consumidores, criaram oportunidades para aumentar o envolvimento dos clientes e, consequentemente, as vendas. Da mesma forma, as lojas de varejo tradicionais devem aproveitar o poder dos dados, caso desejem se manter competitivas para que seus clientes voltem.